Blog

18/07/2022 | 09:03h

Seu dinheiro voando embora

Há muitas formas de se fazer o dinheiro ir embora da sua ótica. A principal dela é a má gestão por parte dos gestores ou proprietários.
Na maioria das vezes a má gestão não está relacionada a falta de atitude e sim tomar as atitudes certas para que o negócio pare de ser um ralo para o seu dinheiro.
Separamos algumas ações que se praticadas, fará com que esse ralo seja fechado. Vamos a elas:

Separe as finanças pessoais com as empresariais.
As despesas das óticas devem ser pagas como dinheiro das óticas e as despesas pessoais dos proprietários devem ser pagas com o pró-labore (salários dos donos que trabalham no negócio) dos mesmos. Mesmo que a empresa tenha que dividir esse pró-labores em dias distintos, deve-se ter um valor fixo.
Despesas pessoais se juntados ao da ótica mascaram o resultado, nublam os números e consequentemente, faz com que eu tome atitudes errôneas para soluções de problemas.
Isso inclusive é um dos princípios básicos da contabilidade, que não se misturem a pessoa física com a jurídica.

Tenha um controle financeiro eficaz e eficiente!
O resultado de uma empresa controlada financeiramente é uma empresa saudável, com linhas de credito, que tenha um alto poder de compra pois seu Score está alto, que tenha poder de brigar por preços pois compra à vista, entre outras coisas.
O controle financeiro vai muito além de contas a pagar! Não adianta eu me preocupar somente com o a pagar de uma empresa se eu não sei receber da forma direito. Eu preciso também me preocupar com taxas de descontos de cartão de crédito ou boletos, formas e qualidade de vezes que o meu cliente parcela uma compra. É preciso acompanhar outros orçamentos, controle de custos, investimentos, negociações, e tudo o que depende da saúde financeira.
Evite assumir contas em momentos de instabilidade e incertezas. Registre todas as movimentações financeiras.
Cuide de seus investimentos, sejam eles a curto, médio ou longo prazo!

Tenha um Fluxo de Caixa que espelhe a realidade.
Cada vez que houver entrada ou saída de dinheiro isso deve ser preenchido no fluxo de caixa. O Fluxo de Caixa deve ser preenchido no máximo semanalmente.
O ideal é que nunca se pague contas com atrasos para que isso não gere multa e juros, e nem se venda muito parcelado e compre a vista para que não fique com um fluxo de caixa negativo, ou seja, que os donos tenham que por dinheiro do bolso na empresa, fazer aportes.
Precificar corretamente os produtos e ter uma boa margem de lucro
Precificar um produto precisa ser realizada da maneira correta. Para isso, considere: impostos, logística, mão de obra, estocagem, entre outros recursos que também precisam entrar na conta. Veja o que mais compõe os custos do seu produto e calcule tudo antes de colocar a margem de lucro. Calcular seus preços apenas baseados nos concorrentes, ignorando fatores internos e externos é uma forma errada de chegar ao preço ideal de vendas. Além disso, quando os preços estipulados estão incorretos, consequentemente, a margem de lucro também será afetada.
Não tenha medo de colocar uma margem de lucro confortável. Lembre-se que em alguns momentos essa margem poderá ser reduzida de acordo com estratégias e promoções.

Medir o desempenho real da empresa.
Planejamentos estratégicos que possam prever possíveis imprevistos e falhas devem ser feitos e monitorados com frequência. Toda empresa precisa ter um planejamento bem definido. O que comprar, quando comprar, como vender, como me comunicar com possíveis compradores. Essas são algumas métricas que conseguimos apurar se a empresa está dentro ou fora do que se foi planejado.
As organizações que conseguem mensurar esses resultados estão sempre à frente dos seus concorrentes.

Gerir o estoque.
Correria diária, falta de conhecimento, são as principais desculpas para a gestão eficaz do estoque. O que muitos não percebem é que tanto os produtos estocados por muito tempo, pela falta de giro, quanto as mercadorias indisponíveis significam perda financeira para a empresa.
Um estoque estratégico deve ser definido e o mantido, fazendo reposições de acordo com as vendas. Fazer inventário periodicamente faz com que possibilitem ajustes e correções.
Não se esqueça que estoque é dinheiro parado. Então invista em algo que tenha lucratividade e altas vendas.

Caso sua ótica precise de ajuda com alguns desses pontos, entre em contato conosco, temos um time comercial a sua disposição para ajuda-lo a melhorar o seu negócio.

 

Logitipo da Oticom

Quer mais
informações?

Entraremos em contato com você!

Logotipo do WhatsApp